Sejam bem vindos!

Um dos requisitos necessários ao professor da atualidade é manter-se atualizado em sua área, inovar sempre e demonstrar criatividade e disposição para modificar e melhorar a sua prática pedagógica.

Portanto, este blog foi criado para auxiliar nesta tarefa, contribuindo para a troca de experiências, com novas ideias, sugestões, textos teóricos, mensagens reflexivas, vídeos e muito mais.

Espero que todos apreciem, dê a sua sugestão do que gostaria de ver postado aqui e deixe o seu recado, ficarei muito satisfeita em atender as solicitações sempre que possível.

Bom passeio a todos!



quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Algumas sugestões para realizar com as crianças até 3 anos...


·       Levar as crianças para brincarem no parque, com areia, na grama, no pátio coberto, explorando todos os espaços disponíveis nos Centros de Educação Infantil.
·       Com diversos tecidos tocar, acariciar, sentir o cheiro, esconder a mão, tocar diferentes partes do corpo, acariciar a professora, um colega, esconder o pé, a barriga, esconder a professora e fazê-la aparecer. Sacudir os tecidos no chão, nas costas, acima da cabeça. Esconder os tecidos na mão, no bolso, dentro do avental, na barriga e fazer aparecer dizendo palavras mágicas. Incentivar as crianças a procurarem os tecidos na sala. Fazer uma chuva de tecidos.
·       Confeccionar móbiles com elástico de garrafas pet pequenas, contendo papéis e pedrinhas coloridos, água colorida com gliter, com objetos variados que fazem barulhos diferentes e chamem a atenção pelas suas cores e sons. Tome cuidado apenas em colar as tampinhas das garrafas para que as crianças não consigam abri-las.
·       Pode-se também confeccionar móbiles ou cartazes com as fotos das crianças ou das famílias para que as crianças possam visualizar, a si mesmas e também aos seus amigos e suas famílias.
·       Confeccionar cabanas com bambolês com tiras de tecido amarradas no mesmo, para que as crianças possam entrar, sair, se esconder e outras brincadeiras.
·       Brincar de mágica para descobrir as cores nos frascos plásticos com água e anilina.
·       Descobrir objetos manipulando dentro de uma bolsa.
·       Brincar com rimas para mover as partes do corpo.
·       Olhar revistas e buscar imagens de mulheres, homens, bebês, avós, etc.
·       Apresentar pequenas dramatizações com fantoches na sala.
·       Reconhecer as partes de nosso rosto olhando-se no espelho, movendo-as: abrindo e fechando os olhos, enrugando o nariz, inchando e esvaziando as bochechas e outros.
·       Dançar a partir da música que escutamos, em trenzinho, em roda, em pares, etc.
·       Confeccionar um mural com as mãos e pés das crianças para ser exposto na sala.
·       Desenhar com giz de cera grosso com o papel na vertical e na horizontal.
·       Brincar de esconder-se atrás do jornal e voltar a aparecer, esconder diferentes partes do corpo. Fazer bolas de papel, arremessar para cima, atirar contra a parede, picar, fazer chuva de papel, esconder a professora ou algum amigo que queira com os jornais e fazer mágica para que apareça.
·       Utilizando papel celofane: construir lupas e sair explorando os espaços do CEI. Fazer bolas com o jornal e envolvê-las com papel celofane de várias cores. Jogar as bolinhas dentro de um cesto. Escondê-las na sala para que a turma procure. Observar a claridade do sol através do papel celofane.
·       Utilizar papel micro-ondulado: caminhar sobre o papel exposto no chão, tocar com as mãos o papel na parede, pintar o mesmo com as mãos, com esponjas.
·       Trabalhar com diferentes tipos de massas: geleca, massinha caseira com corante comestível e outras.
·       Brincar no parque de areia com baldes e pás de brinquedo.
·       Brincar com bolhas de sabão, incentivando as crianças a estourarem-nas.
·       Brincar com caixas de papelão, fazendo casinhas, castelos, portinhas, janelas, convidando as crianças para entrarem e saírem.

Observação: Deve-se tomar cuidado com alguns materiais que são disponibilizados para as crianças pequenas, devido ao fato de que elas descobrem o mundo através da boca, e por isto alguns materiais podem ser perigosos.

“O Berçário deve ter espaços programados para dar à criança oportunidade de se movimentar, interagindo tanto com objetos como com outros bebês. Deve oferecer situações desafiadoras, possibilitando o desenvolvimento de suas capacidades. Os espaços devem ser sempre atraentes e estimulantes para os bebês. Portanto, eles devem ser observados, avaliados e mudados pelos educadores na medida em que eles se desenvolvem e se interessam por coisas novas”.

Retirado do livro: Os fazeres na educação infantil. Autoras: Maria A.S. Martins, Cândida Bertolini, Marta A.M. Rodriguez e Francisca F. Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário