Sejam bem vindos!

Um dos requisitos necessários ao professor da atualidade é manter-se atualizado em sua área, inovar sempre e demonstrar criatividade e disposição para modificar e melhorar a sua prática pedagógica.

Portanto, este blog foi criado para auxiliar nesta tarefa, contribuindo para a troca de experiências, com novas ideias, sugestões, textos teóricos, mensagens reflexivas, vídeos e muito mais.

Espero que todos apreciem, dê a sua sugestão do que gostaria de ver postado aqui e deixe o seu recado, ficarei muito satisfeita em atender as solicitações sempre que possível.

Bom passeio a todos!



domingo, 10 de abril de 2011

A menina e os brincos de ouro de Robson A Santos.



Este é um conto de exemplo, que traz ensinamentos e valores morais por meio do seu enredo. Neste caso, ensina que bens materiais não são mais importantes do que o amor de mãe e a vida.


Era uma vez uma mãe muito brava que tinha uma filha prestativa e amorosa. Um dia a mãe lhe deu de presente um par de brincos de ouro muito lindo e recomendou que ela não os perdesse, senão a castigaria.
Todos os dias, a menina ia buscar água na fonte. Chegando lá, tirava os brincos, colocava-os em cima de uma pedra, brincava na água e depois, ao encher sua moringa, colocava os brincos de novo e voltava para casa.
Um dia, a menina foi buscar água e, ao voltar para casa, esqueceu de pegar os brincos. Quando lá chegou, deu pela falta dos brincos e voltou correndo para buscá-los. De volta à fonte, encontrou ali um velho muito feio e sujo com seus brincos na mão. Pediu que ele os devolvesse, mas o velho riu e disse:
    • Pois sim. Com você vou ganhar a minha vida.
Dizendo isso, pegou a menina e colocou-a dentro de um enorme surrão de juta que ele carregava. A menina gritou, mas o velho disse:
- Fique quieta menina, senão te arrebento com um porrete. De agora em diante, quando eu ordenar, você deve cantar dentro desse surrão, senão vai apanhar.
E assim, em todo lugar onde o velho chegava, apresentava o surrão e cantava:
- “Canta, canta meu surrão, senão lhe bato com o bordão”.
E a menina, com medo respondia:
- “Neste surrão me colocaram e neste surrão morrerei por causa dos meus brincos de ouro que lá na fonte eu deixei”.
As pessoas, espantadas, pois nunca tinham visto um surrão falar, davam dinheiro ao velho. Um dia, o velho parou justamente na casa da mãe da menina que, conhecendo a voz da filha, convidou-o para entrar e almoçar com sua família. Durante o almoço, deram muita bebida ao velho que acabou pegando no sono. As irmãs da menina abriram o surrão e de lá tiraram sua irmã que já estava muito fraquinha. No lugar da irmã, encheram o surrão de lixo e esterco de boi.
A menina disse à mãe que aquilo havia acontecido porque ela tinha esquecido seus brincos na fonte e ficou com medo de levar bronca. A mãe entendeu que nada era mais valioso que o amor que tinha pela sua filha e que os brincos não eram tão valiosos assim.
Quando o velho acordou, agradeceu e continuou sua caminhada. Mas quando chegou em outra casa, o surrão não respondeu e ele começou a bater nele com um porrete. Tanto bateu que o surrão arrebentou e espalhou lixo e esterno por toda a casa. Os donos da casa, muito bravos quiseram dar uma surra no velho, que tratou de correr dali e dizem que corre até hoje.

Atividade de exploração do conto:

Teatro de sombras.

Materiais: cartolina, espetos de churrasco, cola, tesoura ou estilete, 1 caixa de sapato, 1 folha de papel vegetal e uma lanterna.

Como fazer:
    • Recorte o fundo da caixa de sapatos e cole o papel vegetal;
    • Desenhe e recorte na cartolina a silhueta dos personagens do conto. Cole na base de cada personagem um espeto de churrasco que servirá de apoio para segurá-los;
    • Coloque a lanterna no fundo da caixa e, com o espeto, movimente as personagens, enquanto conta a história.

Use sua criatividade e crie novas histórias com as mesmas personagens. Você pode dar continuidade a esse conto, depois que a mãe aprendeu que a vida é mais importante que brincos de outro.

Fonte: Revista Guia Prático para professoras de Educação Infantil.

4 comentários:

  1. ´quem é o autor do texto a menina dos brincos de ouro me ajudem! por favor obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      O conto "A menina dos brincos de ouro" é um conto popular, então, que eu saiba, não existe um autor específico.

      Excluir
    2. Olá não sei se é mesmo mas acho q o autor e Robson A Santos.
      obg ..

      Excluir
  2. Este conto é um conto africano.

    ResponderExcluir